Imagem xerocada.

O que há com pessoas que insistem em tentar manter uma imagem que não tem nada a ver com sua própria personalidade?

Será a falta de conhecimento sobre si mesmo, ou apenas a tentativa absoluta por reputação sobre qualquer área?

Tomar como caminho a ser seguido, uma tendência, não é errado - não quando levado de maneira não-obsessiva. Mas tentar ser algo que você realmente - e impossivelmente - não é, é algo errado e doentio. A falta de confiança em criar um estilo que caracterize a si mesmo leva multidões de pessoas a viveram uma vida que não é exatamente sua, mas sim total ou parcialmente idêntica a de mais uma ou milhares de outras pessoas.

Nada justifica deixar de lado "você", para ser "ele (a)". Porque não tentar criar algo totalmente novo? O medo que toma toda uma maioria de pessoas faz com que o mundo seja movido a "diferenças iguais", ou seja, se você deixa de seguir estilo tal, para seguir estilo tal, você não está sendo diferente, nem mesmo está sendo você, mas sim estará sendo algo fabricado por um meio de comunicação popular que você acompanha.

Não que eu não seja - em alguns aspectos - igual a outras pessoas/estilos. Mas tento acima de tudo, ser eu mesmo, sem deixar algo agradável, bonitinho e popular tomar conta de mim. Ninguém precisa ser outra pessoa para ser alguém, mas sim ser alguém para ser diferente das outras pessoas. 

Então, seja você mesmo acima de tudo, mesmo que isso não condiga com a moda atual.

Texto para uma pessoa em particular.

1 Comentários:

Caio disse...

Legal o texto, pra quem é?

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget